0800 701 1611 | 8h às 18h

Usuário: Senha:

Title Image

Blog

Overview: Singularity University Global Summit 2019

A Singularity University, comunidade global de aprendizado e inovação, situada no Vale do Silício, realiza um evento que já virou indispensável para quem trabalha com tecnologia ou, ao menos, tem muitas afinidades com o tema. É o SU Global Summit que, em 2019, tem como tema principal “Create the Future”.

O encontro, que ocorreu no mês de agosto, na Califórnia, e teve na audiência o nosso CEO, Solemar Andrade, e CDO iCustomer-Plusoft, Bruno Alves, debateu e compartilhou muitos assuntos importantíssimos para o momento em que vivemos (e pelo que virá). A gente compartilhar aqui os assunto que chamaram a atenção do time Plusoft e que, de certeza, ainda vai dar o que falar. Dentre eles:

 

O Futuro das startups

As startups são, sem dúvidas, um dos modelos de negócios mais interessantes do nosso século e que, passado o momento de euforia, ganharam espaço/criaram contornos mais sólidos/fincaram bandeira no mercado.

O grande X da questão é que, em 2000, para abrir uma startup você precisava de, ao menos, 5 milhões de dólares. Ao passo que em 2017, esse valor já caiu para 5 mil dólares. Ou seja: dá para investir, dá para começar, dá para se lançar no mercado.

No Brasil, tínhamos cerca de 100 startups em meados de 2011. Em 2019, segundo os últimos números da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), chegamos a incríveis 10 mil startups ativas no país. A tendência é de que, com a facilidade de crédito e a vontade de desenvolver novas soluções, esses modelos de negócios continuem a crescer em todo o mundo.

 

Inteligência Artificial

Apertem os cintos e acompanhem lado a lado a evolução da IA daqui para frente. Teremos grandes mudanças que estão a passos bem largos:

– Maior facilidade em reconhecimento de padrão;

– Acesso a informações muito mais rápidas;

– Chances menores de erros na leitura de dados;

– IA com maior poder de decisão;

– IA que trabalhe com empatia (usando as ferramentas de Deep Learning);

– IA escrevendo seus próprios algoritmos, vivendo a era da transmutação (traduzindo: ela pensando e tomando decisões por si só, sem precisar mais de nós, humanos);

Além de tudo isso, a IA vai impactar mesmo na medicina. A expectativa de vida será muito maior, em torno de 120 anos até 2050, e graças às facilidades da IA em ler dados, e nos dar respostas muito mais rápidas para melhorarmos nossas condições de vida. Aliado a isso, as tecnologias serão mais do que de ponta na descoberta de curas.

 

5G

Por essa, meio que todo mundo já está aguardando, não acham? O 5G nos levará a uma nova era, em que absolutamente tudo estará conectado, qualquer objeto e em qualquer parte do mundo.

Teremos vivências mais reais, troca de dados em altíssima velocidade, poderemos “entrar” em filmes, fazer chamadas usando hologramas e um salto enorme na medicina, que terá médicos situados em um lugar, mas operando por máquinas em qualquer lugar do globo.

Sem contar que o 5G ainda nos proporcionará a praticidade de carros autônomos, melhores condições para a produção de alimentos e muito mais.

 

Cidades conectadas (finalmente!)

Sonho ou realidade? Na verdade, estaremos vivendo as próprias histórias de filmes que criamos. No futuro, nem tão distante assim (coisa de até 20 anos), nossas cidades serão 100% conectadas. Até 2020, por exemplo, teremos 1 trilhão de dispositivos e sensores conectados na internet.

Já para 2030, veremos mais de…100 trilhões de dispositivos fazendo o mesmo. É um salto importantíssimo, e que vai colocar a Internet das Coisas no centro de vários dos nossos afazeres do dia a dia. Cozinhar, preparar um bom banho, pedir um táxi, repassar assuntos importantes da faculdade, planejar o trabalho do dia seguinte, enfim, isso e muito mais poderemos fazer com a ajuda desses dispositivos.

 

Tudo coisa boa. Tudo o que precisamos. E certamente muitas outras novidades vão aparecer nesse meio tempo, entre o hoje e daqui 20, 30 anos. The future is now.