Usuário: Senha:

Title Image

Blog

Maioria dos presentes de Natal deste ano deve custar até R$ 100 reais

Valor foi apontado pela plataforma de social listening iCustomer, da Plusoft, após coletar 468 mil postagens sobre expectativas de compra para a data

Os brasileiros planejam gastar, em média, até R$ 100 para a compra de cada presente de Natal neste ano, de acordo com dados da ferramenta de social listening iCustomer, da Plusoft, coletados entre 7 e 17 de dezembro. O tíquete médio é menor do que os R$ 125 apontados em 2019 pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Dos usuários que mencionaram a média de valores que pretendiam gastar por presente neste Natal, 56% afirmaram que gostariam de investir até R$ 100 na compra do produto; 20% estava disposta a gastar até R$ 200; e 18% do público analisado pretendia pagar até R$ 50, segundo o levantamento.

Para apresentar esses valores, a plataforma de social listening da Plusoft (que coleta menções públicas sobre o Natal postada em redes sociais) analisou o conteúdo das 468 mil menções encontradas durante parte da primeira quinzena de dezembro, para identificar intenções de compra e valores a serem gastos com presentes na festividade, que acontece na próxima sexta.

E quais são os tipos de presentes que estão na mente dos usuários? De acordo com a iCustomer, da Plusoft, o varejo representa mais de 60% das menções que refletem a intenção de compra durante a época de Natal. Moda e acessórios (14%), jogos e brinquedos (6%) representam o segundo e o terceiro lugar respectivamente do ranking.

“Escutar as redes sociais para levar o melhor da experiência do consumidor é uma realidade para grande parte das empresas que se preocupam com seus clientes. Escutar para identificar tendências e entender comportamento já uma realidade para as empresas que estão à frente e querendo inovar. Ter essa visão e analisar os dados deve ser parte da estratégia de escuta”, comenta Bruno Alves, vice-presidente de Inovação e Marketing da Plusoft, sobre a necessidade de ouvir os consumidores nas redes para entender o comportamento em datas como o Natal.